Com essas dicas para otimizar o Android, você vai poder ir correndo contar para sua mamãezinha o quão rápido ficou seu espertofone.

Então cola aqui, que nesse post você irá aprender a identificar potenciais aplicativos devoradores de memória e bateria. Vai aprender a reduzir o número de processos rodando em segundo plano. Diminuir ou desativar firulas visuais desnecessárias e por fim, instalar aplicativos mais leves e otimizados para dispositivos intermediários ou inferiores. Tudo isso com intuito de otimizar e melhorar o desempenho do seu Android, evitando travamentos e lentidão.

O modo desenvolvedor é a base para otimizar o Android

O modo desenvolvedor do Android permite realizar uma pá de alterações maneiras no sistema, como ajustar a velocidade das animações, monitorar aplicativos e outros bagulhos. Algumas das dicas abaixo, você precisará deste modo ativo. Para ativá-lo, siga o caminho:

Configurações » Sistema » Sobre o Dispositivo. Toque 7 vezes ou mais em “Número da Versão”.

Dica 1: Identificando possíveis devoradores de memória e bateria

Captura de tela: lista de aplicativos na tela bateria
Otimizar o Android: Identificando possíveis devoradores de memória e bateria

Pra começar, você precisa parar de instalar aplicativos que prometem a incrível função de transformar seu aparelho numa…lanterna. Aplicativo este que pede permissão para acessar Fotos, Armazenamento, Localização, Contatos, Cerveja na Geladeira e Sofá da Sala. Quem aqui precisa ser mais smart mesmo?👌

Muitos aplicativos podem não ter sido bem desenvolvidos e otimizados, causando erros e instabilidade no sistema. E isso nem sempre é perceptível ao usuário. Para identificar possíveis devoradores de memória e bateria, há dois lugares onde costumo dar uma bizoiada.

Siga o caminho: Configurações » Bateria. Aqui, entre outras coisas você encontrará uma lista de aplicativos que mais consomem bateria.

Siga o caminho: Configurações » Sistema » Opções de Desenvolvedor » Em execução. Aqui você encontra uma lista de apps e seus processos que estão sendo executados no momento.

Caso suspeite de aplicativos que sugam sua bateria além do considerado normal ou que estejam rodando processos há muitas horas, pense na possibilidade de desinstalá-los ou substituí-los por outras opções.

Dica 2: Reduzindo processos em 2º plano

Captura de tela: modo desenvolvedor, opção limite de processos em segundo plano
Otimizar o Android reduzindo número de processos em 2º plano

Se seu Android fica ofegante depois de um videozinho do seu Digimal Influencer favorito, talvez seja a hora de fazer um pequeno ajuste que pode melhorar e dar mais “gás de efeito ufa” ao seu espertofone. A recomendação é reduzir o número de processos em segundo plano.

Siga o caminho: Configurações » Sistema » Opções de Desenvolvedor » Limite de processo em 2º plano. Ajuste para no máximo dois ou três processos. Caso tenha dúvidas de como fazer o rolê, leia o tutorial:

Dica 3: Desligando animações

Captura de tela: modo desenvolvedor, seção desenho
Otmizar o Android desligando animações

Eu sei que animação faz bem pra todo mundo, mas nesse contexto um pouco de desânimo e serenidade, pode ser bem revigorante para seu aparelho. O filme “Divertidamente” nos ensinou isso. Então, algumas firulas visuais (efeitos de transição, SlideIn, SlideOut e etc) podem ser desativados sem maiores perdas no tocante a usabilidade.

Siga o caminho: Configurações » Sistema » Opções de Desenvolvedor » Seção Desenho. Aqui você poderá diminuir ou desligar os seguintes itens: Escala de animação, Escala de transição e Escala de transição da animação. Particularmente desliguei as três. No começo estranhei a serenidade do sistema, mas depois acostumei.

Dica 4: Instalando aplicativos Lite

Captura de tela: lista de aplicativos lite na play store
Otimizar o Android instalando aplicativos lite

Num mundo de relacionamentos lite, conhecimento lite, paciência lite, não faz sentido ter aplicativos que não seguem uma dieta razoável, né não?

Alguns aplicativos possuem uma série de recursos, ferramentas, configurações e blá-blá-blá, e se sua experiência com certos aplicativos se resume a rolar a timeline, dando joinhas em fotos de gatinhos, com esforço cerebral beirando a inatividade, talvez seja o caso de substituir as versões padrões de seus aplicativos favoritos por versões lite (quando disponíveis), que são mais simples, ocupam menos espaço na memória do aparelho e são mais rápidos.

Na Play Store, procure pelo termo “Lite”. Por exemplo: Facebook Lite, Messenger Lite, Instagram Lite e etc.

Como sugestão de leitura, dá uma olhada no post Os 10 melhores aplicativos lite para Android, do blog Oficina da Net